sexta-feira, 12 de agosto de 2016

SRS ESPECIAL: PROFESSORA ISAURA FREITAS EMERIM



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

Santa Rosa do Sul tem uma trajetória histórica e cultural muito interessante, povoado por acontecimentos e por personagens das mais variadas esferas sociais, que contribuíram para o crescimento nos mais diversos setores que formam a atual comunidade sul santarosense, sempre lembrados por suas contribuições com muita nostalgia pelos moradores mais antigos e que vivenciaram esses fatos ou conviveram com essas pessoas especiais.
 Tendo como missão principal de mostrar a importância dos acontecimentos do passado e do presente, cultura e dos personagens que marcaram na História de Santa Rosa do Sul, esse blog sempre falará de coisas importantes do nosso munícipio, mostrando aos mais jovens a importância de permanecer as pessoas e os fatos marcantes, para que a memória continue viva nas próximas gerações. Hoje iremos falar sobre a trajetória de Isaura Freitas Emerim, as informações que aqui serão apresentadas foram tiradas do livro Santa Rosa do Sul: Raízes de Rolando Christian Sant’Helena Coelho (2012).
 Nascida na cidade de Tubarão, a professora Isaura Freitas Emerim chegou em Santa Rosa do Sul em 1935, sendo designada pelo governo catarinense lecionar na pequena comunidade, ajudando na construção da Escola Isolada Morro das Mortes em 1940, sendo ela a primeira diretora, posteriormente a escola  teve como nomes Escola Isolada Santa Rosa, Escola Reunida Professor André Antônio de Souza e chegando hoje com o nome Escola Básica João dos Santos Areão, sendo a instituição de ensino mais respeitada e antiga de Santa Rosa do Sul.
Graças a vinda da professora Isaura, Santa Rosa começou a ganhar investimentos grandiosos do governo estadual na educação, os quais fizeram a pequena vila dar um grande salto educacional, a escola começou a crescer e o número de alunos também, além do surgimento de mais escolas no munícipio, evidentemente foi um processo lento, o qual se reflete nos dias de hoje.
  Lecionando em Santa Rosa do Sul entre as décadas de 1930 a 1950, professora Isaura foi uma grande liderança na comunidade seja no âmbito educacional, religioso e cultural, sempre preocupada com seus alunos, ajudando sempre que precisavam dela, sendo muito admirada por toda a comunidade, sendo que ela se sentia integrada, acaba se casando com Valdir Emerim, filho de Alfredo Emerim.
 Com toda essa participação no desenvolvimento educacional e cultural no munícipio, a professora Isaura Freitas Emerim é lembrada com muito saudosismo e carinho pelos moradores mais antigos, alguns inclusive foram seus alunos, o nome dela é um dos mais lembrados quando se fala em educação ao conversa com as pessoas mais antigas, tamanha a importância que  a professora Isaura Freitas Emerim é patrona da Biblioteca Pública Municipal de Santa Rosa do Sul, homenageando essa pessoa que marcou a História da educação do munícipio.

GRANDE ABRAÇO, BOM FIM DE SEMANA, até a próxima!    

Nenhum comentário:

Postar um comentário