sábado, 30 de maio de 2015

INFORMATIVO ESPECIAL: AÇOR, FESTA DA CULTURA AÇORIANA DE SANTA CATARINA


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

  Em toda extensão do litoral de Santa catarina, podemos perceber facilmente que a cultura predominante é de origem açoriana, trazida pelas famílias vindas do arquipélago dos Açores, em Portugal, a partir do ano de 1748.
  Vindos de uma região também litorânea, as primeiras levas de açorianos que vieram para o litoral de Santa Catarina tinham a intenção de ajudar na defesa dos territórios conquistados no litoral por Portugal e acabaram colonizando boa parte do sul do Brasil, inclusive a região do extremo sul catarinense.
  A herança açoriana presente em nossos dias é vasta, ficando complicado enumerar todas de uma vez só, mas fácil de visualizar, basta olharmos ao nosso redor para podermos perceber a presença do povo açoriano em nossa cultura, seja no jeito de falar, costumes ou de fazer.
   Vendo a importância dessa etnia em nosso litoral, o Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), junto com outras entidades culturais, criaram o AÇOR, Festa da Cultura Açoriana em 1994, que acontece a cada ano em uma cidade diferente do litoral catarinense. A primeira edição aconteceu em Itajaí, a última (2014), na comunidade de Santo Antônio Lisboa, em Florianópolis. Em 2015, a festa vai ser realizada em Bombinhas, entre os dias 02/10 a 04/10.
   Além de ser um importante festa que preserva a herança deixado pelos açorianos, o AÇOR é um evento belo que nos faz conhecer a mais autêntica cultura de origem açoriana em Santa Catarina, através de apresentações artísticas, folclóricas e culturais, exposições e gastronomia, que encantam os visitantes, vindo de encontro ao cotidiano e influenciando a busca de nossas origens. Para encerrar, quero postar um vídeo feito em 2011 sobre a realização do Açor em Sombrio, que resume um pouco aquilo que é essa festa linda e imperdível:


Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima. 

POEMA: CONSOLO AO CORAÇÃO


A vida as vezes nos dá duros golpes,
Tira de nós aquelas pessoas que mais amamos,
Faz cairmos tombos feios no chão,
Transformando isso numa angústia tremenda.

Mesmo sendo algo ruim e doloroso de aceitar,
Isso infelizmente faz parte de nossa vida,
Precisamos sempre ser fortes,
Para podermos continuar adiante.

Amigo, console sempre aqueles que choram e sofrem,
Esteja presente, mesmo que seja para dar um abraço,
Dê aquela força positiva a quem precisa.

Tudo pode passar, menos atos de bondade,
O bem e a alegria devem sempre prevalecer,
Do fundo do coração, sempre exercite atos de solidariedade.

Autor: Andrio Cardoso Pereira

BOM FIM DE SEMANA, GRANDE ABRAÇO

quinta-feira, 28 de maio de 2015

SRS ESPECIAL: DIA DA COMUNIDADE (24/05/2015)


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Aconteceu em Santa Rosa do Sul nesse último domingo (24/05) o Dia da Comunidade, grande festa o qual é celebrada em todas as quatorze comunidades católicas de Santa Rosa do Sul, fazendo alusão ao Dia de Pentecostes, data que segundo a tradição cristã, cinquenta dias após a Páscoa, o Espírito Santo veio até os apóstolos de Jesus, os quais iniciaram sua peregrinação ao redor do mundo, iniciando assim a História da Igreja.
 Mesmo com a chuva insistente e frio, não desanimou a população que participou ativamente de todas as atividades propostas, sendo momentos de muita alegria, confraternização e também de oração. Cada comunidade organizou suas atividades conforme sua cultura, além de cada pastoral ou pessoas doarem comida para realizar o lanche, sendo interessante perceber que a grande maioria dos pratos trazidos eram de comidas típicas de nossa culinária, como bolo de banana, roscas e tantos outros quitutes, sendo um momento de confraternização e partilha muito bom, tal como eram as primeiras comunidades cristãs.
 Além do delicioso lanche, o Dia da Comunidade teve passeios ciclísticos, brincadeiras como a dança da cadeira e da vassoura, shows de cantores de cada localidade, missa ou celebração religiosa, mas a grande atração foram as apresentações da Bandeira do Divino, tradição oriunda da cultura açoriana, o qual começa a ser celebrada a partir da festa de Pentecostes, sendo um momento de muita emoção e nostalgia, bem caraterísticos dessa manifestação folclórica.  Confiram abaixo dois vídeos abaixo, um mostrando os melhores momentos das festividades e outro a apresentação da Bandeira do Divino, tudo feito na Matriz, que sintetiza um pouco do que aconteceu em todas as quatorze comunidades:





Grande abraço, ATÉ A PRÓXIMA! 

POEMA: VIVEMOS PARA APRENDER


Vivemos em tempos tão confusos,
Mas não é motivo para enlouquecer,
O mundo não vai acabar,
Então para que ficarmos apavorados?

Há momentos onde tudo desmorona,
Parece não ter ninguém para ajudar,
Levando pancada para todo lado,
Transformando a vida num grande pesadelo.

Vivemos numa época de muita velocidade,
Deixamos de perceber muitas coisas,
Aí onde nos deparamos com o perigo e nos machucamos.

Nascemos para sofrer? Não, mas para aprender,
Rever nossos erros, reconstruir,
Fazer uma estória de vida nova.

Autor: Andrio Cardoso Pereira


terça-feira, 26 de maio de 2015

CINE HISTÓRIA: CORAÇÕES SUJOS (2012)



FICHA TÉCNICA

Título Original Corações Sujos
Duração: 107 min.
Ano: 2012
Diretor: Vicente Amorim
País:  Brasil
Idiomas disponíveis e legendas: Japonês e Português
Gênero: Ação/ Drama Histórico/ Romance
Temática: Imigração Japonesa no Brasil/ Fim da Segunda Guerra Mundial/ Derrota do Japão na Guerra 

SINOPSE (Fonte: Adoro Cinema)

 O tratado de rendição assinado pelo imperador japonês Hirohito ao general americano Douglas MacArthur marcou o fim da Segunda Guerra Mundial. Entretanto, no Brasil o anúncio não marcou o fim do período de violência. Os imigrantes japoneses que viviam no interior do estado de São Paulo, formando a maior colônia do país fora do Japão, se dividiram em dois grupos. Os que acreditavam na notícia eram chamados de traidores da pátria, apelidados de "corações sujos", e perseguidos por aqueles que endeusavam o imperador e ainda acreditavam na vitória do Japão. É neste contexto que vive Takahashi (Tsuyoshi Ihara), dono de uma pequena loja de fotografia e casado com Miyuki (Takako Tokiwa), uma professora primária. Incitado pelo coronel Watanabe (Eiji Okuda), ele se torna o vingador daqueles que pregam a supremacia japonesa e passa a atacar todos aqueles que acreditam que o país foi derrotado na guerra.

COMENTÁRIO

 Baseado no livro escrito por Fernando Morais, que por sua vez se baseou em acontecimentos reais, Corações Sujos conta a polêmica estória do grupo paramilitar Shindo Renmei, que agia na colonia japonesa do Brasil, perseguindo aqueles que aceitaram a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, acusados pelos membros de traição ao imperador japonês, apelidados de "corações sujos".
 Ambientada na década de 40, a trama do filme é bastante complexa, apresentando episódios históricos desconhecidos por muitos brasileiros em ritmo de ação, drama e uma pitada de romance, ocorridos no Brasil. Além disso tem uma belíssima fotografia e trilha sonora, lembrando em muitos aspectos  as obras cinematográficas de Akira Kurosawa e de Tizuka Yamasaki, cineasta nipo-brasileira que realizou filmes sobre a imigração japonesa no Brasil como Gaijin- Os Caminhos da Liberdade (1980).
 Além de mostrar como agia o grupo Shindo Renmei, o filme mostra a vida dos imigrantes japoneses no Brasil, trabalhando na agricultura, sendo restritos de demonstrar publicamente seu amor pelo Japão,  de falar ou aprender nas escolas sua língua vernácula e de realizar encontros, inclusive sendo submetidos a humilhações pelas autoridades brasileiras, devido o seu país de origem ser das forças do Eixo, e o Brasil da base aliada durante a Segunda Guerra Mundial, ou em outras palavras, eram inimigos.
 Retratando alguns costumes trazidos pelos imigrantes japoneses, Corações Sujos faz o espectador viajar no tempo, retratando uma estória de vingança e redenção, onde todos o atos que cometemos, sejam bons ou ruins, seja brasileiro, japonês ou de qualquer outra etnia, sempre tem consequências, portando sempre devemos evitar que episódios como os retratados no filme jamais volte acontecer novamente.



Um grande abraço, boa sessão, até a próxima. 

LIVRO: CAPITÃO HATTERAS- JÚLIO VERNE


Olá caros leitores tudo bem com vocês?

 Conhecido mundialmente por ser o precursor da ficção científica,  escritor francês Júlio Verne (1828-1905) escreveu romances de aventura que exaltavam os progressos científicos e tecnológicos de sua época, prevendo avanços que aconteceriam posteriormente, como o submarino, máquinas voadores, televisão e viagens pelo espaço, podendo ser sentido sua influência nos escritores até os dias de hoje.
 Publicado originalmente em formato folhetim em uma jornal francês entre 1864 e 1865, depois sendo compilado em livro, Capitão Hatteras conta as aventuras de um navegador inglês e sua tripulação que tentam alcançar o Polo Norte enfrentando as adversidades naturais de um ambiente extremamente perigoso e de traições partindo de seus companheiros, em nome da Coroa Inglesa, usando da tecnologia e de seu senso de aventura.
 Como é de se esperar de uma obra de Júlio Verne, o livro é recheado de aventuras espetaculares, dramaticidade, informações precisas da Geografia, clima, paisagem, fauna e flora das regiões polares, além de descrever minunciosamente a vida dentro de um navio no século XIX, o comportamento de um capitão e de sua tripulação diante de situações extremas, sendo uma verdadeira viagem pelo lado mais aventureiro da mente humana.

Grande abraço, BOA LEITURA, até a próxima!

domingo, 24 de maio de 2015

A MÚSICA E A HISTÓRIA- PORRADA- TITÃS


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Banda paulista de Rock surgida em 1982, os Titãs marcou a música brasileira fazendo um som dançante ao mesmo tempo politizado, irônico e romântico, misturando pop, punk, new wave e ritmos bem nacionais, estando bastante ativa e sempre lançando hits radiofônico, sendo uma das grandes bandas que ajudaram a popularizar o Rock no Brasil durante os anos 80.
 Lançada em 1986, Porrada faz parte do antológico álbum Cabeça Dinossauro, é uma canção curta, pesada e bastante irônica, assim como todas as canções desse discos, criticando fortemente os grupos sociais que não se importando com os outros e não fazem nada para mudar a realidade desse país, estando nesses postos em busca de fama e de status social, tornando a letra muito atual e viva no Brasil dos dias de hoje, um verdeiro grito de indignação aos males que afligem o Brasil. Confiram abaixo um vídeo com essa música, prestem atenção na letra:


Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima!

sábado, 23 de maio de 2015

RETRÔ: GOLDEN AXE


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Você já jogou o game da imagem acima? É um dos games mais populares lançado pela Sega no fim da década de 80, lançado simultaneamente com Altered Beast, tendo um estilo épico fantástico e ser do gênero briga de rua, porém tem um enredo completamente diferente e complexo, sendo uma franquia de muito sucesso, sendo lançado jogos esporadicamente até hoje, estou falando logicamente de Golden Axe, que foi lançado originalmente em 1988 para Arcade (fliperama), para os consoles caseiras da Sega (Mega Drive e Master System) e posteriormente para outros consoles populares (Playstation, Wii, XBox,  e PC).
 Golden Axe é ambientado em um reino fabuloso, muito semelhante ao do personagem Conan, criado por Robert E. Howard em 1932, que une elementos da era medieval com a antiguidade, além é claro de elementos da mitologia greco-romana, dos povos que viviam nas ilhas britânicas (celtas principalmente), dos povos bárbaros e do universo mítico criado pelo escritor britânico J. R. R Tolkien (autor de O Senhor dos Anéis), além de se inspirar em estudos históricos sobre o período de transição entre a Antiguidade e a Idade Média, época que possivelmente o jogo passa, apesar de ser um jogo de fantasia. 
 A trama do jogo conta as aventuras de guerreiros com diferentes estilos de combate e de terras distantes, lutam contra Death Adder, tirano que tem poderes sobrenaturais e uma força descomunal, o qual aprisionou o rei e a rainha em seu castelo, causando terror, morte e destruição com seu exército do mal. As sequências de Golden Axe os heróis enfrentam novos vilões e seus aliados que dominam de forma tirana o reino, sempre o bem vencendo o mal, como é uma boa fábula épica.
 Assim como em Altered Beast, Golden Axe inovou graficamente no mundo dos games, trazendo gráficos muito semelhantes a de um desenho animado, alto grau de dificuldade, enredo bastante empolgante, sons com alta fidelidade, que tornava ele muito realista e muito divertido de jogar, mantendo a mesma qualidade em suas sequências,elementos os quais fizeram o sucesso desse game e tornando tão popular até os dias de hoje. Para complementar, abaixo um vídeo contando curiosidades desse jogo clássico, confiram: 


Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima!   

sexta-feira, 22 de maio de 2015

POEMA: VERSOS AOS CAMINHONEIROS


Eles conhecem esse imenso território brasileiro como ninguém,
Sustentam suas famílias com seu trabalho,
Enfrentando diversos perigos e a saudade de casa,
Levando alimentos, eletrodomésticos e outros produtos de importância vital,
Sem eles, o Brasil correr o risco de parar de forma total,
Precisam ser mais valorizados, tanto pelas pessoas como pelo poder público,
Precisam de estradas melhores e seguras para circular,
Turma muito animada, que leva a cultura por toda parte,
Caminhoneiros, esses versos são uma singela homenagem, 
Sem vocês, não teríamos comida na mesa ou tecnologia em nossas mãos,
Vocês são heróis dessa nação, que Deus o acompanhem nas estradas da vida.

Autor: Andrio Cardoso Pereira

Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 O poema acima é uma singela homenagem a todos caminhoneiros desse imenso Brasil, especialmente aos caminhoneiros de Santa Rosa do Sul e região, aos clubes GBN e GNA, ao pessoal da Aprocasul, ao meu cunhado Juliano e a todos familiares que tiram sustento das viagens que fazem pelo imenso território brasileiro, vocês tem uma importância imensa, além de levar produtos essenciais de um lado para outro, também ajudam a divulgar cultura de outras partes do país para nossa região, além de levarem a nossa cultura para outros cantos do país, por essa e outras tenho uma admiração imensa por vocês e desejo que Deus proteja todos durante as viagens.

Grande abraço, BOM FIM DE SEMANA, até a próxima.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

SRS ESPECIAL: POSSE DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE CULTURA E TURISMO (15/05)


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Aconteceu no último dia 15 de maio (sexta feira) em Santa Rosa do Sul, no auditório da Prefeitura Municipal a posse dos membros Conselhos de Cultura e Turismo que foram eleitos durantes as audiências públicas realizadas no início de 2015, representando tanto a sociedade civil como o poder público, onde todos conheceram os conselheiros e suas respectivas funções, vamos conhecer agora as pessoas e funções que fazem parte dos conselhos:


CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA

MEMBROS DA SOCIEDADE CIVIL

Artes Visuais e Cênicas

Aislana dos Santos da Rosa (titular) e Talita de Souza Miguel (Suplente);

Artesanato

Eliete dos Santos da Rosa (titular) e Hilma Cândido Silveira (suplente); Maria Aparecida da Rosa Matos (titular) e Jocilene Pereira Inácia (suplente);

Música

 Silnei Melos da Silva (titular) e Alexandre Pereira Ferreira (suplente);

Dança

 Maira Rodrigues (titular) e Fátima Lovenir Souza Piva (suplente);

Educação

Raquel Farias de Borba (titular) e Ester da Rosa Silva de Bitencourt (suplente);

Agricultura Familiar

Anete Terezinha Cardoso (titular) e Teresinha Silva de Borba (suplente);

Museu do Instituto Federal Catarinense IFC Campus Santa Rosa do Sul

Jaqueline Posse Gallina (titular) e Cláudio Luiz Melo da Luz (suplente); 

Cultura Popular

Andrio Cardoso Pereira (titular) e Maria Regina da Silva Roxo Capato (suplente).

MEMBROS DO PODER PÚBLICO

Secretária Municipal de Educação, Cultura e Turismo

Delcides Pereira (titular) e Elton de Melo Teixeira (suplente); Márcia Fernanda da Rosa (titular) e Rosa Maria Ferreira Garcia (suplente); Sibeli Cardoso Borba Machado (titular) e Mara Rejane da Silva Roxo (suplente);

Secretária Municipal de Administração e Finanças

Joelson Farias Pereira (titular) e Ana Regina Paulo de Borba (Suplente);

Secretária Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico

 Alair de Souza Borges (titular) e Matias Naor da Cunha Cardoso (suplente);

Secretária Municipal de obras e Desenvolvimento Urbano

Joacyr Oliveira dos Santos (titular) e Luiz Santos Gonzaga (Suplente); Edson de Oliveira Borba (titular) e Pedro Paulo de Bitencourt (suplente);

Representantes do Gabinete 

 Gerusa Rodrigues Claudino (titular) e Viviane Borges Monteiro (suplente).


CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO

MEMBROS DA SOCIEDADE CIVIL 

Gastronomia

Elisa Silva de Borba (titular) e Humberto Kunz (Suplente);

Artesanato

Maria Aparecida da Rosa Matos (titular) e Rosineide Bauer Rocha Machado (suplente);

Forças Auxiliares 

 Altair Silveira Pereira (titular) e Juarez dos Santos (suplente);

Sindicatos e Representações de Classes

Cleuza Pereira da Silva (titular) e Antônio Vuolo Magenis (suplente);

Entidades e Clubes Sociais

Murilo da Rosa Pagani (titular) e Adílio Pereira da Silva (suplente);

CDL

Naira Luiz Pereira (titular) e Ana Paula da Silva Ribeiro (suplente); 

Instituto Federal Catarinense IFC Campus Santa Rosa do Sul

Rudi Adalberto Winck (titular) e Rosane Stumm (suplente); 

Epagri

Elaine Rosoni (titular) e Reginaldo Ghellere (suplente).

 MEMBROS DO PODER PÚBLICO

Departamento de Turismo

Sibeli Cardoso Borba Machado (titular) e Célia Caetana Paulo de Borba Roxo (suplente);

Departamento de Cultura

Delcides Pereira (titular) e Márcia Fernanda da Rosa (suplente);

Departamento de Educação

Gerusa Rodrigues Claudino (titular) e Mara Rejane da Silva Roxo (suplente);

Secretária Municipal de Finanças e Administração

 Joelson Farias Pereira (titular) e Viviane Borges Monteiro (Suplente);

Secretária Municipal de Agricultura

Matias Naor da Cunha Cardoso (titular) e Alair de Souza Borges (suplente).

 Depois de conhecer membro por membro, o prefeito municipal e a diretora do setor cultural e do turismo do munícipio fizeram seus discursos, enfatizando a importância dos conselhos em nosso munícipio e a missão principal: trabalhar em projetos turísticos e culturais junto com a comunidade sul santarosense, sendo um fato inédito em Santa Rosa do Sul. Logo após, todos membros assinaram o documento oficial de posse, finalizando com um coquetel festivo e muito animado.
 Como foi enfatizado tanto nas audiências públicas como no dia da posse, agora começa um trabalho árduo e longo, transformar idéias em realidades, todos os membros são altamente capacitados para desenvolver esse trabalho no restante do ano de 2015 e durante todo o ano de 2016, a população pode contar com todos conselheiros elencados acima, esses conselhos municipais são a ponte de comunicação entre a população e o poder público para resolver todas necessidades culturais e turísticas que existem em Santa Rosa do Sul.
 Como todos podem ver, sou conselheiro de cultura, representante da Cultura Popular, estou  muito honrado de poder fazer parte desse, quero fazer valer o voto de confiança em que foi me dado durante a audiência pública em Março e trabalhar muito pela cultura de Santa Rosa do Sul, junto com meus colegas conselheiros, poder público e com o povo maravilhoso desse munícipio, com toda certeza faremos um excelente trabalho, agora começa uma nova página da cultura e turismo do munícipio de Santa Rosa do Sul, a qual será feita com muito trabalho, alegria e entusiasmo.

Grande abraço, BOM FIM DE SEMANA, até a próxima!  

LIVRO: OS 300 DE ESPARTA- FRANK MILLER & LYNN VARLEY


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Baseado no relato histórico feito por Heródoto, Os 300 de Esparta é um livro de história em quadrinhos escrita e desenhada por Frank Miller e pintada por Lynn Varley, foi publicado pela primeira vez em 1988, pela editora Dark Horse. Devido ao grande sucesso, uma versão cinematográfica baseada no livro foi feita em 2007, dirigida por Zack Snyder e estrelada por Gerard Butler.
 Usando da linguagem visual dos quadrinhos, 300 conta detalhadamente e de forma bem objetiva a estória da Batalha das Termópilas, ocorrida no ano 480 a.c., onde um pequeno grupo de soldados espartanos, liderados pelo rei Leônidas, enfrentou por três dias o poderoso exército da Pérsia, sob a liderança de Xerxes.
 Mesmo com trazendo de forma contemporânea uma das mais lendárias batalhas do mundo antigo, 300 não deixando de lado os relatos escritos por Heródoto, usando inclusive da poética épica usada pelos antigos gregos, dando mais realismo e tornando a obra muito interessante, mesmo com alguns exageros gráficos e históricos.
 Com um ritmo alucinante da primeira a última página, misturando ação, aventura, drama e doses cômicas, 300 é uma livro altamente divertido e emocionante, servindo como uma boa introdução sobre o antigo mundo grego, especialmente como funcionava a sociedade de Esparta, um verdadeiro clássico das histórias em quadrinhos escrito pelo lendário Frank Miller.

Um grande abraço a todos, boa leitura, até a próxima. 

quarta-feira, 20 de maio de 2015

CINE HISTORIA: NOVEMBRADA (1996)


FICHA TÉCNICA

Título OriginalNovembrada 
Duração: 18 min.
Ano: 1996
Diretor: Eduardo Paredes
País:  Brasil
Idiomas disponíveis e legendas: Português
Gênero: Ação/Documentário/ Drama Histórico e Político
Temática: Resistência ao Regime Militar Brasileiro em Florianópolis

SINOPSE (Fonte: Porta Curtas)

 Em novembro de 1979, um protesto de estudantes universitários contra a presença do Presidente da República, transforma o centro da ilha de Santa Catarina em um campo de batalha.

COMENTÁRIO

 Curta metragem premiado no Festival de Cinema de Gramado em 1998, Novembrada mistura ficção e documentário para retratar um episódio inusitado ocorrido em Florianópolis no fim da década de 70, contando com milhares de figurantes, trilha sonora de época e a participação mais do especial do ator Lima Duarte, interpretando o general João Baptista Figueiredo, presidente da República na época.
 A trama do filme mostra detalhadamente como aconteceu a Novembrada, protesto estudantil contra a vinda do presidente do Brasil a Florianópolis, que acabou se transformando em uma gigantesca revolta popular, insatisfeita com as péssimas condições de vida na ilha e também com uma placa em homenagem ao presidente Floriano Peixoto colocada na praça da Igreja Matriz, considerado um dos responsáveis pelo massacre ocorrido na ilha Anhatomirim,  durante a revolução Federalista em 1894.
 Além de ser bastante movimentado e bem realista, esse filme mostra vários aspectos importantes sobre o Regime Militar: a luta pelos direitos civis, a insatisfação popular, a censura nos meios de comunicação, a violenta repressão policial sob ordens do próprio presidente e a falta de preocupação das autoridades da época com os problemas sociais.
 Apesar de ser um filme um pouco conhecido do grande público, Novembrada é um filme imperdível, que retrata a importância desse acontecimento para a História do Brasil, influenciando diversos movimentos políticos e sociais, como as Diretas Já, os quais derrotariam definitivamente o governo militar em 1985, depois de 21 anos de uma cruel ditadura no Brasil. Abaixo confiram o filme na integra, é só apertar o PLAY e assistir.

Um grande abraço a todos, BOA SESSÃO, até a próxima.  

terça-feira, 19 de maio de 2015

INFORMATIVO ESPECIAL: 3 ANOS DE BLOG DO PROFESSOR ANDRIO



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Hoje é um dia muito especial, tanto para mim como para aquelas pessoas que visualizam as postagens diariamente, o Blog do Professor Andrio está completando três anos de existência, a qual começou no dia 19 de maio de 2012, quando aconteceu a primeira postagem, apesar de no começo ter postagens de forma esporádica, a partir do dia 01 de janeiro 2014, o blog passou a postar diariamente, sem se importar com fins de semana ou feriados, mantendo esse ritmo até agora. Até o momento, foram publicado 841 postagens e estamos chegando a 200.000 visualizações, rendendo algumas oportunidades de publicações de jornais, entrevistas em rádios, convites para fazer palestras e para cobrir eventos culturais, enfim, o blog é um grande sucesso, principalmente na região sul de Santa Catrina, lugar onde vivo.
 Comecei esse blog pensando apenas com intenção de entretenimento educativo, mas sempre com dedicação e carinho, naquela época eu estava trabalhando na biblioteca da Escola do João dos Santos Areão. Passando o tempo, fiquei desempregado, comecei a usar o blog como um anti-stress e um alternativa para fazer algo útil, enquanto passava essa fase desagradável, me dedicando ao máximo, indo muito além do passatempo, uma forma de manifestar o conhecimento que adquiri ao passar dos anos, que acabou se tornando em algo mais sério e concreto, sendo reconhecido por todos como ativista e repórter cultural, apesar de eu não ter faculdade em jornalismo.
 Como já foi dito acima, a intenção desse blog sempre foi levar cultura, conhecimento e diversão a todas as pessoas de forma gratuita, simples, respeitando a inteligência de todos, sem apelações ou pseudointelectualismo, além de divulgar a cultura da região sul catarinense, principalmente de Santa Rosa do Sul, fazendo cobertura de eventos culturais, além de publicar poemas, resenhas de músicas, games livros e filmes de todas épocas e partes do mundo, homenagens a brinquedos, desenhos, games, guloseimas, séries do passado e outras coisas do passado, artigos sobre História e cultura, resumindo, usufruindo da melhor forma dos recursos que um blog dispõem, sem se apegar a design, mas se preocupar com conteúdo de qualidade, sendo isso o segredo do sucesso nesses três anos.
 Logicamente a maior preocupação é conquistar cada vez um público maior e abrangente, o sonho desse blog com toda certeza, sem falso moralismo é  que ele renda remuneração para mim, até o momento ele não tem patrocinadores, mantenho o blog sozinho, empresas ou pessoas que quiserem apoiar financeiramente esse humilde blog, entrem em contato comigo pelo e-mail andriocardosopereira@hotmail.com , será um grande prazer em ter parceiros que apoiam a cultura, com toda certeza é um investimento que vale a pena, que faz bem ao coração e a alma.      
Para encerrar essa postagem bastante especial, quero agradecer a todos pelo apoio, pelo carinho, sugestões e por me acompanharem durante todo esse tempo,  se ele está em atividade por tanto, os responsáveis por isso SÃO VOCÊS, eu só produzo e coloco conteúdos no ar, o sucesso quem faz são os leitores,continuarei com mesmo empenho e dedicação de sempre, MUITO OBRIGADO, QUE DEUS ABENÇOE CADA UM DE VOCÊS, continuem acompanhar as atividades do blog durante esse ano e nos próximos que irão vir, vem muita coisa legal pela frente, AGUARDEM.


PARABÉNS BLOG, PARABÉNS PARA TODOS!

GRANDE ABRAÇO, ATÉ A PRÓXIMA!



segunda-feira, 18 de maio de 2015

A MÚSICA E A HISTÓRIA: BRUXA FEITICEIRA- CONDE & DRÁCULA


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Dentro do universo da música sertaneja, desde o seu surgimento, uma das características mais fortes sem dúvida é a criatividade, seja na mistura de ritmos contemporâneos, nas letras das canções ou nome das duplas ou trios, fazendo ela ser um dos ritmos musicais mais populares de norte a sul desse imenso Brasil.
 Além disso, há duplas que fazem um estrondoso sucesso de imediato, conquistando o público, ficando sempre nas paradas de sucesso. Há outras que fazem sucesso estrondoso por um determinado tempo, depois nunca mais ouve falar. Tem outras ainda que ficam na total obscuridade, mesmo tendo qualidade musical, seja por falta de divulgação ou pelo destino, transformando seus discos em verdadeiras raridades.
 A dupla da foto acima, além de bastante criativa, fez sucesso relativo em meados dos anos 70, porém ficando na total obscuridade, estou falando de Conde & Drácula. Como é de imaginar, o nome da dupla é uma homenagem ao vampiro mais famoso da literatura e do cinema, e tem como temática principal contos de terror e lendas em suas letras, com um toque bem caipiresco, usando inclusive efeitos sonoros, dando um clima de mistério.
 Apesar de ter pouquíssimas informações sobre a dupla na internet, mas graças ao Youtube, Conde & Drácula tem três músicas de sucesso, ambas falando em lendas: O Corvo, A Noite dos Vampiros (música a qual já trabalhamos aqui no blog ano passado) e Bruxa Feiticeira, canção o qual falaremos hoje. Em outras oportunidades iremos falar de outras músicas dessa e de outras duplas sertanejas desconhecidas pelo grande público.
 Retratando uma lenda bem típica do interior brasileiro, Bruxa Feiticeira conta a estória de uma jovem que foi vítima de uma bruxa malvada, seu noivo desesperado tenta acabar com o feitiço que a transformou em uma cobra cascavel horrenda, apresentando características bem comuns em todos os causos sobre bruxas do folclore brasileiro, acrescentado por uma estória de amor e efeitos sonoros, dando todo o clima de mistério na canção. Abaixo ouçam a música, prestem bem atenção na letra e divirtam-se com a canção dessa dupla baiana que é uma verdadeira relíquia dentro da música sertaneja :


Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima.

domingo, 17 de maio de 2015

RETRÔ: TANGOS & TRAGÉDIAS



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

Vocês conhecem a dupla da foto acima? Eles são protagonistas de um espetáculo que une música, humor e teatro, divertindo plateias de todo o Brasil e de outros países por três décadas, ganhando diversos prêmios e conquistando o público por onde passa, inclusive sendo um dos maiores sucessos nas temporadas de verão na cidade de Porto Alegre, estou falando do Tangos & Tragédias.
 Espetáculo criado em 1984 pelos atores, músicos e humoristas gaúchos Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky, Tangos & Tragédias é uma comédia musical que narra a divertida saga da dupla formada pelo maestro Pletskaya (Nico) que toca acordeon e de Krannus Sang (Hique) que toca violino, são dois refugiados de um país fictício chamado Sbórnia, o qual levam a cultura de sua terra natal para todo o mundo, através de músicas folclóricas como Copernico e A Aquarela da Sbórnia, sempre tendo um toque meio teatral, além de fazer cover de outras canções da música popular, tornando assim a peça bastante divertida e tão cultuada.
 Devido ao grandioso sucesso da peça, em 2007 foi lançado um DVD o qual foi gravado na praça da Matriz em Porto Alegre em 2004, em comemoração aos 20 anos da peça, reunindo milhares de pessoas, que cantaram e se divertiram com suas músicas engraçadas, tornando-o o espetáculo mais conhecido e aclamado dentro e fora do Brasil.
 Infelizmente em 2014, devido a morte de Nico Nicolaiewsky, encerrando o ciclo de 30 anos de sucesso do Tangos & Tragédias, deixando milhares de fãs por todo Brasil tristes e chocados, além de um legado imenso para a cultura brasileira. Para a alegria dos fãs, foi lançado nos cinemas a animação Até que a Sbornia nos separe, que conta a origem da dupla, tudo no universo descrito pelos personagens na peça, tendo um pouco de todas as canções que fizeram sucesso nesses 30 anos, sendo o último trabalho feito co m participação de Nico.  Para matar a saudades, abaixo um vídeo dessa dupla que fez três gerações rir e se emocionar, confiram:


Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima.

sábado, 16 de maio de 2015

POEMA: CHEGOU A HORA



Chegou a hora de abrir os olhos da mente e do coração,
Libertar-se de todas as correntes que te escravizam,
Dizer não a tudo aquilo que nos prejudica,
Sermos pessoas completamente novas.

Chegou a hora de fazer a diferença,
Não ficar em discursos e promessas,
Fazer acontecer a mudança que esperas,
Pois só depende de nós mesmos para vencermos.

Chegou a hora de aprendermos a fazer o bem,
Sem esperar recompensas em troca,
A não ser paz no seu coração.

Chegou a hora de amarmos uns aos outros,
Pois ele nos deixa leve e mais alegres,
Sendo que o amor é um sentimento universal e imortal.

Autor: Andrio Cardoso Pereira

BOM FIM DE SEMANA, ATÉ A PRÓXIMA.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

SRS ESPECIAL: HISTÓRIA DE ROSA DE LIMA, PADROEIRA DO MUNICÍPIO


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Escolhida como padroeira da localidade no início dos anos 1930, sendo inclusive trazida uma imagem vinda diretamente de Porto Alegre, Santa Rosa de Lima é uma santa do catolicismo a qual tem relação fortíssima com o povo simples desse munícipio, especialmente aqueles que vivem da agricultura e da costura, afinal quem era Rosa de Lima?
 Seu nome de batismo era Isabel Flores y de Oliva, nasceu no dia 30 de abril de 1586, na cidade de Lima, no Peru. Seus país eram espanhóis que se mudaram para a então rica colônia do Peru. Devido a sua extraordinária beleza, a empregada de sua família, uma índia chamada Mariana apelidou a moça de Rosa, o qual ficaria conhecida. Além de sua beleza, Rosa de Lima era uma excelente cantora e instrumentista, também uma foi uma moça virtuosa e prendada, que encantava a todos.
  A época em que Rosa de Lima viveu, o Peru viva tempos conturbados e de extrema barbárie, devido a exploração dos conquistadores europeus, especialmente vindos da Espanha. Muitas guerras entre colonizadores e povos nativos, trazendo miséria, doenças, destruição, perseguições e mortes, marcas presentes até os dias hoje em toda a América Latina.
  Desde muito jovem, Rosa de Lima era uma pessoa pacífica, caridosa, cristã fervorosa e que sonhava com dias de paz ao seu povo. Rejeitou muitos pedidos de casamento, escolhendo viver uma vida dedicada a sua fé, a trabalhar na agricultura e ajudar aqueles mais necessitados, especialmente aos enfermos, índios e negros.
  Aos vinte anos, ingressou na Ordem Terceira de São Francisco, obtendo licença para emitir seus votos religiosos em casa, construindo uma cela atrás da casa de seus pais, onde viveu até os seus últimos dias de vida.
  Viveu em um ambiente de muita simplicidade, de privações, jejuns, mortificações, mas de grande devoção e caridade, sendo uma pessoa conhecida por realizar muitos milagres em vida, inclusive o impedimento de uma invasão piratas holandeses a Lima, em 1615.
  Dizia com muito entusiasmo que seu noivo era Jesus Cristo e que o dia de sua morte seria o dia de núpcias eternas, no dia de São Bartolomeu, dia 24 de agosto. Exatamente nesse dia, após uma longa e dolorosa doença, Rosa de Lima morreu, tendo apenas 31 anos, na cidade de Lima.
  Seu enterro causou grande comoção na cidade, não demorou muito para aparecer relatos de milagres atribuídas a Rosa de Lima, culminando na canonização dela no ano de 1671, pelo Papa Clemente X, sendo a primeira santa canonizada do continente americano, escolhida também como padroeira do Peru e de toda a América Latina. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 30 de agosto, sendo feriado municipal em Santa Rosa do Sul.
   Além de ser um exemplo para aqueles que seguem o catolicismo, Rosa de Lima foi uma santa com a cara da América Latina, sofrida, trabalhadora, nunca deixando de acreditar por dias melhores e de ajudar as pessoas que mais necessitavam.

Um grande abraço, BOM FIM DE SEMANA, até a próxima.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

INFORMATIVO ESPECIAL: SAÍDA DE CAMPO DA TURMA DE HISTÓRIA E CIDADES (ARQUEOLOGIA)


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 No último sábado (09/05), a turma de pós-graduação História e Cidade: Patrimônio Cultural e Ambiental participou de uma viagem de estudo pela disciplina de Patrimônio Arqueológico, ministrada pelos professores Juliano Bitencourt Campos e Jedson Francisco Cerezer, onde podemos contemplar de perto os sítios arqueológicos da região entre Balneário Rincão e Araranguá, uma pequena parte do grandioso trabalho que o setor de Arqueologia da UNESC vem desenvolvendo nos últimos anos em todo sul catarinense.
 A primeira parada foi na comunidade de Lagoa dos Freitas, em Balneário Rincão, onde conhecemos o trabalho para preservar um imenso sambaqui que lá existe, mesmo tendo uma construção residencial na proximidades, continua intocado, tendo como visual lagoas e praias, um lugar realmente paradisíaco onde em um tempo remoto, povos antigos deixaram registro de sua presença naquele local.
 Em seguida, chegamos na comunidade de Barra Velha, Balneário Rincão, onde podemos visualizar um imenso sítio arqueológico Guarani, que infelizmente boa parte está destruído pela ação humana, mesmo assim foi possível encontrar inúmeros vestígios de cerâmica, restos de fogueiras e outros objetos, sendo possível cogitar que ali foi uma imensa aldeia indígena.
 Logo após, a próxima parada foi o Distrito Hercílio Luz, também conhecido como Ilhas, em Araranguá, onde conhecemos a pesca artesanal feita pelos pescadores locais, remetendo muito ao passado daquela localidade, seja pela presença dos povos indígenas e dos colonizadores europeus, especialmente de origem luso-açoriana, além de termos degustado iguarias originárias entre o contato entre índios e europeus, como pirão e o peixe frito, em momentos de grade descontração.
 Encerrando  a viagem de estudos, visitamos o Morro dos Conventos, em Araranguá, onde visualizamos de perto os lugares por onde passaram os povos indígenas, inclusive um abrigo feito pela própria natureza dentro do morro muito semelhante a uma pequena furna, onde eles se abrigavam dos temporais, se abrigavam durante a noite ou ficam por um determinado período de tempo, que fica atrás de imensas dunas, sendo um desafio para aquelas pessoas mais corajosas, além de conhecermos a linda paisagem do lugar, sendo uma visita inesquecível.
 Depois de visitar esse lugares maravilhosos, chegamos a uma conclusão: devemos proteger o imenso patrimônio arqueológico presente em nossa região, além pela questão de conhecer os povos anteriores a chegada do colonizador, esses lugares precisam ser preservados para todos podermos estudar como viviam, pensavam e como se organizavam esses povos, perpetuando para as próximas gerações esses sítios arqueológicos, essa é a mensagem que foi deixada pela disciplina de Patrimônio Arqueológico, nas pessoas dos professores Juliano e Jedson, o qual agradecemos de coração pela dedicação e pelas aulas. Abaixo confirma um pequeno vídeo mostrando imagens desse passeio maravilhoso:


GRANDE ABRAÇO, ATÉ A PRÓXIMA.

Autores desse informativo: TURMA DE PÓS-GRADUAÇÃO  HISTÓRIA E CIDADES  

quarta-feira, 13 de maio de 2015

CINE HISTÓRIA: O CORVO (2012)



FICHA TÉCNICA

Título Original: The Raven 
Duração: 120 min.
Ano: 2012
Diretores:  James McTeigue 
País:  Estados Unidos
Idiomas disponíveis e legendas: Inglês e Português 
Gênero: Aventura/ Policial/ Terror/ Biografia
Temática: Vida e Obra de Edgar Allan Poe/ Romantismo

SINOPSE (Fonte: Adoro Cinema)

O escritor Edgar Alan Poe (John Cusack) está na caça de um assassino serial que imita os crimes de seus contos e ainda sequestrou sua noiva Emily (Alice Eve). Para ajudá-lo na investigação, o detetive Emmet (Luke Evans) assume o caso e pretende dar um fim aos terríveis assassinatos, que são seguidos de charadas criadas pelo criminoso que desafia a inteligência do autor num jogo de gato e rato.

COMENTÁRIO


 Aventura policial estrelada por John Cusack, O Corvo é baseado nos últimos dias de vida do poeta Edgar Allan Poe e o mistério que cerca sua morte. A trama do filme conta a estória de um serial killer que comete crimes se baseando nas obras de Poe, levando ser convocado pela polícia para prender o criminoso, usando suas incríveis habilidades intelectuais.
  Ambientado na Baltimore do século XIX, a trama tem como referências os contos mais conhecidos de Allan Poe, tais como O Poço e o PênduloBarril de AmontiladoOs Crimes da Rua Morgue e ao poema O Corvo, sendo uma introdução de sua obra, além de mostrar um perfil psicológico aproximado do poeta, apresentado toda sua criativa, seus vícios e porque ele foi um dos expoentes da literatura romântica dos Estados Unidos.
  Uma das coisas mais notáveis do filme é a recriação de uma Baltimore gótica, com clima sombrio, propício a acontecimentos macabros, bem como sugeria as obras de Poe. Outra característica muito interessante foi da escolha do diretor por unir no enredo ficção com acontecimentos reais da vida do poeta, tornando o filme empolgante e assustador, como fosse um conto de terror inédito escrito por Edgar Allan Poe.


Grande abraço, BOA SESSÃO, até a próxima!

terça-feira, 12 de maio de 2015

LIVRO: OS LUSÍADAS- LUIS VAZ DE CAMÕES



Olá caros leitores tudo bem com vocês?

 Luís Vaz de Camões (1524-1580) é sem dúvidas o maior poeta da língua portuguesa em todo mundo, encantando leitores com sua poética lírica e épica até os dias de hoje. Camões teve uma vida cerca de mistérios, aventuras e pelos belíssimos poemas que escrevia, ganhando enorme fama ao publicar sua obra-prima, Os Lusíadas.
 Publicado pela primeira vez em 1572, Os Lusíadas é um grande poema épico, seguindo a tradição greco-romana (Homero e Virgílio), misturando acontecimentos históricos reais com mitologia grega, mas também havendo momentos de puro lirismo romântico.
 Como é de imaginar, o poema reconta a História de Portugal desde os primeiros tempos, a luta pela reconquista do território português, a rivalidade com o império islâmico, as cruzadas, as guerras travadas e especialmente as conquistas ultramarinas durante o período das Grandes Navegações, que é o tema principal de todo o poema.
 O grande herói de Os Lusíadas é o povo português, representado pelo navegador Vasco da Gama, herói do poema, ora contando a História de Portugal, outra narrando seus feitos épicos, sendo praticamente um porta-voz de toda a pátria portuguesa.
 Ler um poema épico como Os Lusíadas é uma experiência fascinante, por ter uma beleza única e acontecimentos que mexem com nossa imaginação, características a qual tornou essa obra um clássico da literatura portuguesa, leitura obrigatória para quem gosta de uma boa estória.

Um grande abraço, BOA LEITURA, até a próxima.

domingo, 10 de maio de 2015

A MÚSICA E A HISTÓRIA: EU TE AMO MEU BRASIL- OS INCRÍVEIS


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

Grupo de bastante popular nos anos 60 e 70, Os Incríveis faziam um Pop Rock dançante e divertido, sendo uma das bandas que conseguiram fazer sucesso mesmo com o declínio do movimento Jovem Guarda, no fim da década de 60. Sucessos como Vendedor de Bananas, Marcas do que se Foi, O Milionário, Eu Te Amo Meu Brasil e especialmente, Era um Garoto que como eu, Amava os Beatles e os Rolling Stones, ganharam inúmeras versões de vários cantores e bandas brasileiras.
 Lançada em 1970, composta pela dupla Dom & Ravel, Eu te Amo Meu Brasil é uma canção que fez muito sucesso nos anos 70, é uma letra explicitamente ufanista, que exalta as belezas naturais e a cultura do Brasil, sendo usada exaustivamente pelo Regime Militar. Mesmo com o estrondoso sucesso, houveram muitas paródias zombando da canção, dizendo EU TE ODEIO MEU BRASIL, uma crítica impiedosa ao tratamento violento que a ditadura dava ao povo brasileiro, fora essa versão feita pelos Incríveis, como dá para se notar, tem forte conotação militar, sendo brevemente censurada. Abaixo confiram um vídeo com a canção, prestem bastante atenção na letra e no instrumental:

 
Grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima.

sábado, 9 de maio de 2015

ESPECIAL: HOMENAGEM AOS DIAS DAS MÃES


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

Como não poderia deixar de ser, o Blog do Professor Andrio faz uma singela homenagem a todas as mamães pela passagem do Dia das Mães. Primeiro, um clipe musical com a música Mãe, cantada pela dupla sertaneja Rick & Renner, a qual fala da importância da presença materna, finalizando com um poema de Mario Quintana.


MÃE

Mãe... São três letras apenas

As desse nome bendito:
Também o Céu tem três letras...
E nelas cabe o infinito.

Para louvar nossa mãe,
Todo o bem que se disse
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer...

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do Céu
E apenas menor que Deus!

Mãe 


Autor: Mário Quintana

FELIZ DIA DAS MÃES A TODAS AS MAMÃES


Um grande abraço, até a próxima, uma boa semana.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

POEMA: A MENTE HUMANA


A mente humana é assustadora,
Sendo capaz de criar coisas incríveis,
Fazer grandes obras de engenharia,
Desenvolver métodos científicos que beneficiam as pessoas,
Realizar grandiosas obras de arte,
Mas também é capaz de criar o completo caos,
Armas de destruição em massa,
Ideologias para escravizar os mais fracos,
Métodos cruéis de tortura, prisão e intimidação,
Realizar guerras por motivos fúteis,
Ser extremamente cruel e falso,
O ser humano é isso mesmo,
Ora um anjo benfazejo, ora um monstro horrendo,
Uma verdadeiro mistério do universo,
O qual talvez um dia iremos descobrir.

Autor: Andrio Cardoso Pereira

BOM FIM DE SEMANA, GRANDE ABRAÇO

quinta-feira, 7 de maio de 2015

SRS ESPECIAL: A IMPORTÂNCIA DE PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO CULTURAL E PATRIMONIAL EM NOSSO MUNÍCIPIO


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

A coluna SRS Especial trouxe a toda população de Santa Rosa do Sul diversos informativos, seja de eventos culturais, acontecimentos históricos, vídeos, poemas, dados importantes e curiosidades do município, sempre defendo as coisas boas que temos presentes e incentivando a população conhecer a Terra onde moramos, isso com toda certeza não é nenhuma novidade a todos leitores desse humilde blog.
Com exceção do documentário Santa Rosa do Sul: Minha Terra e do livro Santa Rosa do Sul: Raízes, produzidos pelo jornalista Rolando Christian Coelho Sant'Helena, que são trabalhos totalmente dedicados ao munícipio, existem poucos pequenos textos relacionados a Santa Rosa do Sul em informativos publicados pela AMESC, pelo roteiro turístico Caminhos dos Canyons, em sites sobre municípios ou pela própria Prefeitura Municipal, onde é possível visualizar algumas informações importantes, as quais uso com muita frequência, mas não é o suficiente para suprir a necessidade, especialmente do público jovem e de interessados por cultura e História, como já disse, essa coluna surgiu para ser uma alternativa de comunicação com o público sul santarosense.
 Mesmo tendo apenas 26 anos de emancipação política, Santa Rosa do Sul é um munícipio que tem uma História muito mais antiga, iniciando com a presença de povos indígenas em nossa terra, a passagem de imigrantes espanhóis, luso-açorianos, italianos e alemães ou dos emigrantes oriundos do Rio Grande do Sul e de outras partes de Santa Catarina, a origem dos nomes da localidade (Morro das Mortes, Três Alfredos e Santa Rosa), o processo de emancipação política e de formação do munícipio politicamente com a passagem do tempo, a origem dos nomes de cada comunidade, as estórias dos moradores mais antigos, as lendas locais, a trajetória cultural do munícipio, as festas populares (Polvilhana, Natal Iluminado, etc) as belezas naturais, as casas antigas, uma culinária peculiar, as instituições, os clubes esportivos, enfim, tudo que forma o patrimônio cultural e histórico que forma o povo de Santa Rosa do Sul merece atenção de cada pessoa que aqui vive. Mas o que é patrimônio?
  Além das obras bibliográficas, do documentário e de artigos ou informativos publicados seja na net ou imprensa, Santa Rosa do Sul precisa e muito de ações de educação patrimonial e cultural, seja nas escolas, comunidades, repartições públicas ou instituições, onde englobe TODOS  OS MORADORES daqui, e essas ações podem ser feitas em fóruns, palestras, exposições, feiras culturais, conferências ou seminários, com ajuda de profissionais de todas as áreas, tendo que serem permanentes e os aspectos mais importantes de nosso munícipio (que não são poucos, como frisei acima) sejam trabalhados com muita seriedade e com respeito a cada morador, com objetivo de difundir nossa História, cultura e belezas naturais.
 É bom frisar que anualmente acontecem de forma isolada algumas belíssimas atividades de educação patrimonial e cultural aqui em Santa Rosa do Sul, especialmente nas escolas, como por exemplo Festival de Folclore, onde os alunos das escolas do munícipio tiveram contato direto com a nossa cultura, através de intervenções do Grupo da Terceira Idade, sendo um ótimo instrumento educativo sobre a cultura local, e é claro, o Blog do Professor Andrio com seus informativos especiais e coberturas junto com a população, aqui educação patrimonial e cultural é tema constante, alias todas postagens relacionados ao munícipio são atividades virtuais no intuito de educar toda a população, além de fazer palestras totalmente voltadas a área cultural, quando solicitam. Quem quiser palestras, basta entrar em contato pelo e-mail andriocardosopereira@hotmail.com , que eu vou na sua escola, instituição ou comunidade realizar essa atividade bastante especial e a qual gosto de fazer.

Um grande abraço, BOM FIM DE SEMANA, até a próxima.