quinta-feira, 29 de agosto de 2013

EXPOSIÇÃO HERANÇA AÇORIANA, MUSEU HISTÓRICO DE ARARANGUÁ (2013)


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Foi inaugurada no Museu Histórico de Araranguá nessa última segunda feira (26/08) a exposição Herança Açoriana, em comemoração aos quatros anos do museu, fazendo também parte da programação do Agosto Cultural, evento que acontece anualmente em Araranguá.
 Como o título da exposição já indica, o tema é a cultura de origem açoriana, mostrando onde ela se manifesta em Araranguá e em toda região, seja na música, folclore, artesanato, danças, religiosidade e no trabalho, através de fotos e objetos. Abaixo está um vídeo feito por mim mostrando a exposição, com trilha sonora bastante especial, confiram:


 Tive a honra de visitar essa linda exposição hoje, recomendo a todos irem visitar, aproveitem só ficará aberta por apenas duas semanas. Quero agradecer ao Daniel, diretor de cultura de Araranguá pela recepção, pela disponibilizado e por ter me autorizado a realizar esse trabalho, e dar parabéns a ele e ao Jair Arcenego, secretário de cultura de Araranguá, pelo belíssimo trabalho que eles vem desempenhando no museu e na casa de cultura daquele munícipio.

Um grande abraço, até a próxima. 


quarta-feira, 28 de agosto de 2013

CINE HISTÓRIA: HISTÓRIA DO BRASIL POR BORIS FAUSTO (2003)



FICHA TÉCNICA

Título Original: História do Brasil por Boris Fausto
Duração: 200 min.
Ano: 2003
Diretor:  Mônica Simões 
País:  Brasil
Idiomas disponíveis e legendas: Português
Gênero: Documentário
Temática: História do Brasil desde a Colonização até os Dias Atuais

SINOPSE (Fonte: Mega Cine História)

Série narrada pelo historiador Bóris Fausto e que, por meio de documentos e imagens de arquivo, traça um panorama político, social e econômico do País, desde os tempos coloniais até os dias atuais. A série é composta, ainda, de entrevistas com algumas personalidades que ajudaram a escrever essa história.

COMENTÁRIO

 Produzida e exibida na TV Escola, História do Brasil por Boris Fausto é um grandioso documentário educativo, inspirado no livro História do Brasil, escrito pelo historiador e cientista político Boris Fausto, sendo apresentado por ele mesmo.
 Dividido em sete episódios, História do Brasil apresenta os principais acontecimentos da historiografia nacional, desdes os primeiros tempos até os dias atuais, mostrando as transformações políticas, sociais, econômicas e culturais que o Brasil viveu em 500 anos de História.
 Além de apresentar a visão histórica de Boris Fausto, o documentário usa de depoimentos de pessoas que viveram essas transformações históricas, de poemas, textos literários, pinturas, fotos, músicas, cenas de filmes e documentários clássicos do cinema brasileiro.
 Usando de uma linguagem bastante educativa, simples e objetiva, tornando o filme um ótimo resumo de nossa História. A grande mensagem desse documentário, sem dúvida, é de que todos fazemos parte de um processo histórico e devemos fazer nossa parte, para termos um país mais digna para as gerações futuras.
 Abaixo, está o vídeo com o documentário na integra, é só clicar PLAY e assistir. Um grande abraço, boa sessão, até a próxima.


domingo, 25 de agosto de 2013

A MÚSICA E A HISTÓRIA: RADIOACTIVITY- KRAFTWERK



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?


 Grupo alemão surgido na década de 70, o Kraftwerk é um dos pioneiros da música eletrônica, inovando sempre na questão de instrumentos musicais, efeitos sonoros e da variada mistura de gêneros musicais, sempre suas letras tem como foco temas relacionados a vida urbana e tecnologia, tendo um clima retrô-futurista, ou seja, tem elementos futuristas e do passado ao mesmo tempo. Seus shows são verdadeiros espetáculos audiovisuais, onde levam ao espetacular a uma viagem dentro das temáticas retratadas pela banda.
 Lançada em 1975 no álbum de mesmo nome,  Radioactivity é uma das músicas de maior sucesso de Kraftwerk. Como o nome da canção já indica, o tema é a radioatividade, contando os males que o uso de material radioativo causa a humanidade, citando inclusive o nome da pessoa que descobriu o elemento químico Rádio, a cientista franco-polonesa Madame Curie (1867-1934).
 Acima está uma versão ao vivo de Radioactivity gravado em 2005 especialmente para o DVD  Minimum-Maximum, ganhando uma mixagem bem mais interessante e dançante do que a original, além de ter um tom mais de crítica social, citando lugares que sofrem com o problema de radioatividade como Hiroshima e Chernobyl. Melhor de tudo, legendada em português, facilitando o entendimento da música, além de mostrar o espetáculo que é uma apresentação ao vivo do Kraftwerk.

Um grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima. 

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

SRS ESPECIAL: FESTA EM HONRA A SANTA ROSA DE LIMA (2013)*


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Hoje 23 de agosto, é feriado municipal em Santa Rosa do Sul, dia da padroeira, Santa Rosa de Lima, dando inicio as festividades em sua honra, as quais estenderão até domingo, dia 25 de agosto, havendo uma programação festiva e bem variada, com missas especiais, bençãos, procissões e momentos de bastante lazer e confraternização. 

 Historicamente, a primeira festa em honra a Santa Rosa de Lima aqui foi realizada no dia 30 de agosto de 1932, quando foi inaugurada a primeira capela na localidade de Três Alfredos, que passou a se chamar Santa Rosa dali em diante. A escolha da padroeira foi feita pelo padre Antônio Luiz Dias, em referência a família Teixeira da Rosa, uma das mais numerosas e influentes famílias que viviam na localidade. Com a passagem do tempo, a festa teve diversas modificações, chegando até o formato que se tem nos dias de hoje, mantendo algumas características tradicionais.


 Anteriormente a hoje, entre os dias 10 e 22 de agosto, a imagem da padroeira fez a peregrinação em todas as comunidades do munícipio convidando a todos a participar da festa, chegando hoje a noite na matriz. Durante a peregrinação, houveram momentos de muita emoção, alegria e de demonstrações de fé, reunindo centenas de pessoas, mesmo com condições climáticas desfavoráveis, como frio e chuva.
 Para quem quiser conhecer a História de Santa Rosa de Lima, abaixo tem a  postagem feita por esse blog que faz uma biografia da padroeira, é só clicar e conferir:


Ou ainda, podem conferir o filme feito em 1961 pelo diretor espanhol Jose Maria Elorrieta, que retrata a vida e obra de Santa Rosa de Lima de forma emocionante, é só clicar play e assistir:


Um grande abraço, BOM FIM DE SEMANA, boa festa a todos, até a próxima.

*OBS: a sigla SRS significa Santa Rosa do Sul. Para facilitar, nas próximas postagens dessa coluna, usarei essa abreviação.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

FILME: ROSA DE LIMA (1961)



FICHA TÉCNICA

Título OriginalRosa de Lima
Duração: 95 min.
Ano: 1961
Diretor:  Jose Maria Elorrieta 
País:  Espanha/ Peru
Idiomas disponíveis e legendas: Espanhol/ Português
Gênero: Religioso/ Drama Histórico/ Biografia
Temática: América Colonial/ Vida Religiosa/ Biografia de Santos Católicos

SINOPSE (Fonte: Filmes Menores)

Este filme traz a história emocionante de Santa Rosa de Lima, a primeira santa canonizada do continente americano e declarada patrona da América Latina. Como leiga e membro da ordem terceira dominicana, Rosa de Lima conseguiu harmonizar a vida de oração com o serviço aos pobres, aos doentes e aos marginalizados de seu tempo. O grande anseio de sua vida foi tornar-se missionária, proclamar o Evangelho, tornar Jesus conhecido, amado e reconhecido em cada pessoa, sobretudo as mais carentes e necessitadas.

COMENTÁRIO

 Filme pouco conhecido do grande circuito cinematográfico, Rosa de Lima é dirigido pelo diretor espanhol Jose Maria Elorrieta, baseado no livro escrito por Manuel Sebares, conta a estória real de Rosa Flores, uma jovem peruana que decide seguir a vida religiosa e ajudar as pessoas necessitadas, especialmente escravos, índios, crianças e camponeses, a qual foi atribuído inúmeros milagres, sendo posteriormente canonizada pela Igreja Católica em 1671, pelo Papa Clemente X, considerada padroeira da América Latina .
 Interpretada pela atriz Maria Mahor, Santa Rosa de Lima é retratada como uma mulher belíssima, com voz de anjo, de fé inabalável, trabalhadora, caridosa com as pessoas menos favorecidas e milagrosa enfrentando os preconceitos da sociedade de sua época.
 Ambientado no século XVII, o filme tem como pano de fundo o período colonial na América, em especial, na cordilheira dos Andes no Peru, que na época era dominada pelos espanhóis, os quais tinham ambição explorar as riquezas minerais, travando violentas guerras com os índios que viviam nessa região. Além disso, ea obra mostra uma sociedade ocolonial cheia de violência, preconceitos e bastante decadente.
 Paralelamente a estória da santa, o enredo apresenta outras duas estórias que irão culminar em dois grandes milagres realizados por Rosa de Lima, dando maior emoção a trama: o do casal de índios araucanos que vivem uma relação de idas e vindas e enfrentam uma situação de extrema pobreza; e de um nobre espanhol extremamente ambicioso, violento, corrupto e alucinadamente apaixonado por Rosa.
 Muito mais que um filme religioso, Rosa de Lima tem como mensagem principal é de fazer o bem aos outros, além de alegrar o coração, faz bem a alma. Uma obra-prima cinematográfica imperdível a todos aqueles que são devotos de Santa Rosa de Lima, inclusive ao meus conterrâneos de Santa Rosa do Sul, o qual a santa é padroeira do munícipio. Abaixo está o filme completo para assistir, cliquem em Play e confiram a esse belíssimo filme.



Um grande abraço, bom filme e até a próxima.

domingo, 18 de agosto de 2013

APROVEITE


Caros amigos, a vida é agora,
Não é novela, filme ou peça teatral,
Muito menos um jogo de videogame,
Não tem essa deixar para depois,
Tem que estar atento a tudo,
Senão, o trem passa e você nem vê,
Quando uma oportunidade de ser feliz bater sua porta,
Abra a porta e convide para entrar,
Pois talvez ela nunca mais volte,
Daí será tarde demais para lamentar,
APROVEITE.

Autor; Andrio Cardoso Pereira



terça-feira, 13 de agosto de 2013

SANTA ROSA DO SUL ESPECIAL: HOMENAGEM AO SENHOR JOSÉ AQUINO ISOPPO



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores nessa última segunda feira (12/08/2013), a sessão especial em homenagem ao senhor José Aquino Isoppo, primeiro prefeito do munícipio de Santa Rosa do Sul e um dos responsáveis pela vitória do movimento emancipatório em 1988. No fim da sessão, houve um coquetel festivo para todos que participaram do evento.
 Nascido no dia 07 de março de 1938, José Aquino Isoppo é natural da comunidade de Lageado, interior de Santa Rosa do Sul. De família ligada a agricultura, José Isoppo trabalhou na lavoura e também no comércio. Entrou na política nos anos 70, sendo candidato a vereador na cidade de Sombrio, daí em diante foi candidato inúmeras vezes por esse munícipio. Participou ativamente do processo de emancipação do distrito de Santa Rosa do Sul, acabando sendo candidato a prefeito do munícipio, vencendo com 1.941 votos. Disputou novamente as eleições 1996 a qual saiu vencedor, e depois disputou novamente em 2000, sendo derrotado. 


 Independente de opinião política ou partidária, o senhor José Isoppo tem importância histórica para o munícipio,iniciando o seu mandato de prefeito praticamente tudo do zero. Precisamos valorizar mais as pessoas que ajudaram a construir a Santa Rosa do Sul, seja no setor político, cultural ou social, não deixando que sua memória caia no esquecimento da população.
  Quero parabenizar a todos os vereadores do munícipio pela belíssima homenagem, e dar um parabéns especial ao homenageado, parabéns senhor José Aquino Isoppo, tudo de bom, aquilo que o senhor fez pelo munícipio, jamais será esquecido. Essa é uma singela homenagem do autor desse blog ao primeiro prefeito de Santa Rosa do Sul.

Um grande abraço a todos, até a próxima. 

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A MÚSICA E A HISTÓRIA: BANDEIRA DO DIVINO- NALVA AGUIAR & IVAN LINS


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?



 Conhecida como a Rainha do Rodeio , a cantora Nalva Aguiar tem como gêneros musicais o sertanejo e a country music, sempre com uma belíssima voz e letras bastante emotivas. Ivan Lins é um dos cantores da MPB mais famosos fora do Brasil, tendo uma das vozes mais bonitas e premiadas da música brasileira.
 Escrita por Vitor Martins e Ivan Lins, Bandeira do Divino foi lançada em 1978, fazendo parte do álbum Nos Dias de Hoje, de Ivan Lins, é um tremendo sucesso do cantor. A versão acima foi feita em 1999, para o disco Nalva Aguiar, com participação especial de Ivan Lins.
 Remetendo as antigas tradições luso-açorianas, Bandeira do Divino fala sobre a sensação dos devotos receber a visita da bandeira do Divino Espírito Santo em suas casas, despertando atos de caridade, também recontando fatos da História de Jesus, como o seu nascimento e ressurreição, fazendo uma ressalva a essa linda tradição.
 Vale a pena salientar que a Bandeira do Divino é uma tradição muito presente no interior e litoral brasileiro, especialmente em municípios de origens portuguesas e açorianas, comemorada de diversas maneiras, conforme a cultura de cada local. Em Santa Catarina, essa tradição é muito presente e viva , inclusive no litoral sul. Essa tradição ocorre 50 dias após a Páscoa, em alusão ao dia de Pentecostes, data a qual segundo a tradição bíblica, o Espírito Santo desceu do céu sobre os apóstolos de Cristo. 
 Confirma um clipe feito com imagens dos festejos da Bandeira do Divino, juntamente com a música cantada por Nalva Aguiar e Ivan Lins, prestem bastante atenção na letra e deixem se emocionar por essa belíssima tradição do nosso Brasil.

Um grande abraço, BOA SEMANA, tudo de bom. 

domingo, 11 de agosto de 2013

DIA DOS PAIS


Pai é um herói sem capa, com superpoderes,
Não como a do gibi, cinema ou  televisão,
Tem o poder de nos dar amor,
Proteger-nos de todo o perigo,
Nos guiar pelo caminho da paz,
Confortar quando estamos no chão caídos,
Apoiar em nossas decisões ou quando precisamos,
Ser pai é um dom divino,
Temos que agradecer aos céus por eles existirem,
Pai, você é importante, sem você não existiríamos,
FELIZ DIA DOS PAIS.

Autor: Andrio Cardoso Pereira



Essa foi uma singela homenagem do blog ao dia dos pais, inclusive ao seu José Reinaldo, meu paizão, e a meu cunhado Juliano, que será pai em breve, abraços. Acima está a homenagem em forma de doodle que o site Google fez em alusão a essa data.  Agora fiquem com a música Pai, sucesso do grande cantor Fábio Jr, confiram:


Um grande abraço, tudo de bom, UMA BOA SEMANA A TODOS.

sábado, 10 de agosto de 2013

CONHECIMENTO E LIBERDADE


Temos que sair das cavernas,
Derrubar os muros que impedem nossa passagem,
Não temer a escuridão que nos cerca,
Jamais calar nossa voz diante da grande barulho da opressão,
Deixar de sermos preconceituosos, tapados e ignorantes,
Ser aberto para o novo e o diferente,
O mundo é maior do que vemos ao nosso redor,
Não acreditem em qualquer baboseira,
Fujam disso, tenham opinião própria,
Busque conhecimento e liberdade,
Pois isso sim, te levará direto para a felicidade.

Autor: Andrio Cardoso Pereira

BOM FIM DE SEMANA A TODOS 






terça-feira, 6 de agosto de 2013

VÍDEO-SÉRIE: LABORATÓRIO DE ARQUEOLOGIA (2009)


Olá caros leitores, tudo bem com vocês?

 Realizado em 2009, essa série mostra passo a passo o trabalho feito pela professora Daniela Claudino, Grupep e os acadêmicos de História da Unisul, campus Araranguá, na disciplina de Laboratório de Arqueologia, desde a higienização dos artefatos arqueológicos até a apresentações das teses em sala de aula, incluindo uma emocionante viagem de campo na comunidade de Ilhas, em Araranguá, na busca de artefatos arqueológicos. São cinco vídeos,cada um com uma temática diferente, com direito a trilha sonora, bom humor e muito estudo, inclusive sendo apresentado em sala de aula. Abaixo está a série completa, divirtam-se e conheçam como é o trabalho dos arqueólogos do sul brasileiro, confiram:

CAPÍTULO I 


CAPÍTULO II


CAPÍTULO III


CAPÍTULO IV


CAPÍTULO V



Um grande abraço, até a próxima.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

A MÚSICA E A HISTÓRIA- ERA UM GAROTO QUE COMO EU, AMAVA OS BEATLES E OS ROLLING STONES- OS INCRÍVEIS



Olá caros leitores, tudo bem com vocês?


Grupo de bastante popular nos anos 60 e 70, Os Incríveis faziam um Pop Rock dançante e divertido, sendo uma das bandas que conseguiram fazer sucesso mesmo com o declínio do movimento Jovem Guarda, no fim da década de 60. Sucessos como Vendedor de Bananas, Marcas do que se Foi, O Milionário, Eu Te Amo Meu Brasil e especialmente, Era um Garoto que como eu, Amava os Beatles e os Rolling Stones, ganharam inúmeras versões de vários cantores e bandas brasileiras.
 Lançada em 1967, Era um Garoto que como eu, Amava os Beatles e os Rolling Stones é a versão de um sucesso do cantor italiano Gianni Morandi, C'era un ragazzo che come me amava i Beatles e i Rolling Stones, virando um verdadeiro hino daquela geração. O legal dessa versão que foram usados efeitos sonoros de guerra, dando um clima épico a canção. 
 A canção conta a estória de um jovem que gozava de toda liberdade, sendo um astro do Rock que adorava os Beatles e Rolling Stones, mas acaba sendo convocado pelo exército dos Estados Unidos e vai lutar na Guerra do Vietnã, vivenciando horrores indescritíveis, terminando de vez com sua vida de liberdade e diversão. 
 Essa música é um interessante documento vivo sobre a juventude da década de 60,  um sucesso emocionante, o qual jamais será esquecido. Acima está um clipe da canção com imagens da Guerra do Vietnã, confiram.

Um grande abraço, BOA SEMANA, até a próxima.